Considerações Para A Realização De Estudos Do Setor Agrícola e Pecuária

Existem muitos segmentos especializados no mercado. Isto torna difícil, na prática, que a mesma agência cubra todos e cada um deles. Os recursos humanos e técnicos necessários para abordar todos os sectores seriam grandes. Essa situação também é exemplificada em um ditado popular que diz “quem cobre muito, leva pouco”. No entanto, é possível realizar pesquisas em outras áreas que não a da experiência se você tiver os elementos adequados.

Reunir os recursos necessários para realizar estudos em áreas não dominadas representa desafios que as agências mais experientes podem enfrentar para sair da sua zona de conforto. O segmento agrícola é por vezes difícil de abranger dadas as suas características intrínsecas. Por exemplo, não partilhar um espaço comum com o ambiente urbano já representa uma primeira barreira que deve ser superada. A seguir mencionamos quatro recomendações para a realização de estudos neste setor.

Fontes. Em cada país, a acessibilidade pode ser diferente neste aspecto. Para dar um exemplo, no México os números do sector agrícola sofrem de certas limitações porque é considerado uma área delicada. O Diretório Nacional de Estatística das Unidades Económicas do INEGI, embora considere este setor na classificação empresarial, não dispõe de dados gratuitos e públicos suficientes a este respeito. Por esta razão, devem ser procuradas alternativas como Organizações Comerciais e Associações do sector.

Analistas. Embora se espere que um bom investigador seja capaz de realizar projetos sobre qualquer tema, também é verdade que quanto mais especializado for, menos áreas poderá cobrir eficazmente. Cada segmento tem particularidades e exige competências setoriais que valem a pena dominar. Isto faz mais sentido quando se procura dados de acesso complexo e cuja validação exige um conhecimento aprofundado do mundo da agricultura e pecuária.

Despesas de viagem. A grande maioria das empresas de pesquisa de mercado tem escritórios e pessoal especializado nas cidades. Isto implica que se quisermos corroborar dados e contactar pessoas do campo, será necessário deslocar-nos aos seus locais. Embora exista a possibilidade de solicitar que compareçam às nossas localidades, isso pode representar um impedimento que reduza as nossas taxas de participação. Também pode ocorrer a não obtenção de todas as informações devido a preconceitos decorrentes de mudanças de localização.

Contatos. A distância física também é uma limitação para ter carteiras de consumidores e produtores do setor agrícola essenciais para a execução de qualquer protocolo de estudo. Nas cidades existem relativas facilidades de contacto com pessoas que nos ajudem a obter insumos, graças ao facto de a maior parte dos serviços e produtos serem produzidos e consumidos nesse mesmo local. Contudo, no caso das zonas rurais não é a mesma coisa. É necessário ter um diretório robusto de participantes que nos conheçam e tenham confiança em colaborar conosco.

Cada especialidade tem suas peculiaridades. A agricultura assenta em práticas e costumes que nós, moradores das cidades, podemos considerar agressivos e incompreensíveis. São necessárias ampla experiência e julgamento para abordar eficazmente este setor, que representa um nicho de mercado bastante grande em diversas geografias. A LATAM é uma região onde esta área tem grande peso na nossa economia e por isso não é surpresa que muitas marcas e empresas estejam de olho aqui.

A Acertiva é uma agência de Market Research latino-americana com expertise em nichos de varejo, farmacêutico, educação, restaurantes e impacto social. Temos desenvolvido esporadicamente pesquisas sobre o setor agropecuário que nos deixaram grandes aprendizados. Colocamos essa trajetória à sua disposição para que você torne realidade sua próxima história de sucesso. Escreva-nos hoje para nos contar sobre suas necessidades de conhecimento de mercado.



Fotografía de un campo agrícola y un tractor. Imagen de Bigbig Dragon en Pixabay. (Español) / Fotografia de um campo agrícola e de um trator. Imagem de Bigbig Dragon no Pixabay. (Português) / Photograph of an agricultural field and a tractor. Image by Bigbig Dragon on Pixabay. (English)

Deja una respuesta